Because I love you...
1268 notasreblog
“É te amar tanto, mas deixá-lo ir se quiser partir, e querer-te bem, mesmo não comigo.”

Jhennifer Werneck (via segredou)

6625 notasreblog
“Tem dias que a gente não esta pra ninguém. Que da vontade de ficar deitado ali naquela cama por dias, de enterrar a cabeça no meio das cobertas e dormir por uns mil anos até toda essa dor passar.”

O Pequeno Bob.  (via promessasvazias)

1424 notasreblog
“Revirou as recordações, mas ela queria mesmo era reviver as emoções.”

Jhonatan Stuartt, doistonsdeamor.   (via doistonsdeamor)

10591 notasreblog
“Não sei direito pra quê serve razão, coração e pau. Pra mim dá tudo na mesma, sabe? O coração é mole, quase não fala, quando fala, faz bonito. O pau fala duro, se impõe, dita o ritmo, chama a responsabilidade. A cabeça é quem faz o meio de campo, aparta a briga, mas não decide, termina acatando o pau. Entende porque homens são confusos? Imagine cabeça, coração e pau, todos falando ao mesmo tempo. O coração é fraco, fica dois contra um. O pau é forte, a cabeça vai com as outras. Já eu, nunca sei direito onde ir. Então vou pro motel. Como o mel sem mexer na colméia. Hora dessas eu levo nos beiços, mas a boca cicatriza, o corpo regenera. O coração, não. Não sei se ele bate ou se debate, não sei se pulsa ou só repulsa a todas as porradas que já levou. Encontrar dá medo, mãe. Se entregar dá preguiça, tá ligada? Uma sensação estranha de caminhar no escuro com a estrada toda iluminada.”

Gabito Nunes (via autorias)

1356 notasreblog
“Mas, quando fechou os olhos, continuou visualizando a forma como os cantos da boca dele levantavam levemente sempre que ela dizia algo engraçado, ou a forma como as sobrancelhas dele se juntavam quando estava concentrado em uma atividade. Rolou na cama por um bom tempo, sem conseguir dormir, imaginando se, talvez, apenas talvez, ele também estaria acordado, pensando nela.”

Nicholas Sparks.  (via repouse)

1356 notasreblog
“Mas, quando fechou os olhos, continuou visualizando a forma como os cantos da boca dele levantavam levemente sempre que ela dizia algo engraçado, ou a forma como as sobrancelhas dele se juntavam quando estava concentrado em uma atividade. Rolou na cama por um bom tempo, sem conseguir dormir, imaginando se, talvez, apenas talvez, ele também estaria acordado, pensando nela.”

Nicholas Sparks.  (via repouse)

10551 notasreblog
“Loucura é ‘ficar’ sete meses, namorar cinco anos, noivar mais dois e não ter tesão na lua de mel. Perigo é não se render a alguém que tem urgência em te querer só porque o manual de instruções do seu coração recomenda prudência e canja de galinha. Você pode perder a razão, a cabeça, os princípios, a harmonia e a saúde mental. Desde que saiba exatamente onde está seu coração. Loucura é não arriscar. Perigo é não ceder.”

Gabito Nunes.     (via segredou)

17355 notasreblog
“(…) Bati a porta e não me despedi. Desci lento as escadas, aguardando que ela se arrependesse. Sempre parto devagar, esperando um pedido de desculpa sôfrego pelo corredor, dando chance para que ela me alcance pelo grito.”

Fabrício Carpinejar.  (via segredou)

6416 notasreblog
“Morto ou vivo
carrego o maleficio
de andar sem querer
de ser, de permanecer.”

Elisa Bartlett    (via autorias)

11799 notasreblog
“Eu nunca senti tanta necessidade de falar “eu te amo” pra ninguém. Com você foi diferente, na verdade, está sendo diferente. Eu tenho essa vontade enorme de ficar te relembrando disso a cada segundo.”

Katlyn Samara.    (via palavrasdeumser)

62 notasreblog
“Não quero ser como os retalhos de cetim que custuras um novo vestido para exibir. Não quero como ratos de asas migalhas do teu amor.”

— Alisson. (Palavrasdeumser)

2410 notasreblog
“Não empreste a tua dor, toda dor tem sua beleza desvairada. Deseje por um instante de entendimento, um ligeiro ímpeto de lucidez. Guarde das pétalas o aroma doce da ilusão. Na mente, observe as cenas repetidas do amor de mãos atadas, tantas vezes encenado nos becos imundos sobre os tuneis de Paris. Das canções guarde apenas as guitarras dementes do som do the cure. E depois do último trago no cigarro, tenha certeza que o amor nunca acaba, ele apenas se dilui formando uma nova camada impermeável sobre nossos corpos cansados de tanto amar, amar e amar.”

—  Elisa Bartlett em "Deja vu Volage, 1976".   (via oxigenio-dapalavra)

38831 notasreblog
“Eu quero você. Com marra, com birra, com ciúmes. Eu quero você de verdade. Com chatice, com beijo na boca, com mordida, com abraços. Eu quero você, cara. Com tudo que eu tenho direito de receber. Quero você quando estiver com raiva, ou quando estiver totalmente brava. Quero você na minha cama, de preferencia, comigo. Eu quero você de qualquer jeito.”

Because I love you.  (via inverbos)

406 notasreblog
“Eu vou te amar quando for dia, vou te amar quando for tarde, e quando for noite vou te amar em meus sonhos. Quando brigarmos, eu vou te amar emburrado, mas meu amor continuará constante e imutável. E quando os dias forem escuros eu vou ser a luz que você precisa, e como um farol vou te guiar até mim, para que possa te consolar. Você me faz sentir único no mundo, com você estou completo e repleto, de amor, de felicidade, de nós.”

Rodrigo Silva. (via rubidea)


THEME