Because I love you...
6017 notasreblog
“Morto ou vivo
carrego o maleficio
de andar sem querer
de ser, de permanecer.”

Elisa Bartlett    (via autorias)

11767 notasreblog
“Eu nunca senti tanta necessidade de falar “eu te amo” pra ninguém. Com você foi diferente, na verdade, está sendo diferente. Eu tenho essa vontade enorme de ficar te relembrando disso a cada segundo.”

Katlyn Samara.    (via palavrasdeumser)

62 notasreblog
“Não quero ser como os retalhos de cetim que custuras um novo vestido para exibir. Não quero como ratos de asas migalhas do teu amor.”

— Alisson. (Palavrasdeumser)

1923 notasreblog
“Não empreste a tua dor, toda dor tem sua beleza desvairada. Deseje por um instante de entendimento, um ligeiro ímpeto de lucidez. Guarde das pétalas o aroma doce da ilusão. Na mente, observe as cenas repetidas do amor de mãos atadas, tantas vezes encenado nos becos imundos sobre os tuneis de Paris. Das canções guarde apenas as guitarras dementes do som do the cure. E depois do último trago no cigarro, tenha certeza que o amor nunca acaba, ele apenas se dilui formando uma nova camada impermeável sobre nossos corpos cansados de tanto amar, amar e amar.”

—  Elisa Bartlett em "Deja vu Volage, 1976".   (via oxigenio-dapalavra)

37786 notasreblog
“Eu quero você. Com marra, com birra, com ciúmes. Eu quero você de verdade. Com chatice, com beijo na boca, com mordida, com abraços. Eu quero você, cara. Com tudo que eu tenho direito de receber. Quero você quando estiver com raiva, ou quando estiver totalmente brava. Quero você na minha cama, de preferencia, comigo. Eu quero você de qualquer jeito.”

Because I love you.  (via inverbos)

392 notasreblog
“Eu vou te amar quando for dia, vou te amar quando for tarde, e quando for noite vou te amar em meus sonhos. Quando brigarmos, eu vou te amar emburrado, mas meu amor continuará constante e imutável. E quando os dias forem escuros eu vou ser a luz que você precisa, e como um farol vou te guiar até mim, para que possa te consolar. Você me faz sentir único no mundo, com você estou completo e repleto, de amor, de felicidade, de nós.”

Rodrigo Silva. (via rubidea)

65045 notasreblog
“Querido John, há tanta coisa que quero dizer para você, mas não tenho certeza por onde devo começar. Devo começar dizendo que te amo? Ou que os dias que passei com você foram os mais felizes da minha vida? Ou que, no curto espaço de tempo que nos conhecemos, passei a acreditar que fomos feitos um para o outro? Poderia dizer todas essas coisas e tudo seria verdade, mas, enquanto releio estas palavras, a única coisa que passa pela minha cabeça é que queria estar com você agora, segurando sua mão e olhando seu sorriso elusivo. No futuro, sei que vou reviver o tempo que passamos juntos mil vezes. Vou ouvir seu riso, ver seu rosto e sentir seus braços em torno de mim. Vou sentir falta de tudo isso, mais do que você pode imaginar. Você é um cavalheiro raro, John, eu estimo isso em você. Todo o tempo em que estivemos juntos, você nunca me pressionou para dormir com você, e eu não posso dizer o quanto isso significou para mim. Tornou o que temos ainda mais especial, e é assim que eu quero me lembrar para sempre do período que passamos juntos. Como uma luz branca e pura, cuja contemplação é de tirar o fôlego. Penso em você todos os dias e sei que, quando for te ver amanhã, dizer adeus será a coisa mais difícil que já fiz. Parte de mim teme que chegue um momento no qual você não sinta mais o mesmo sentimento, que por algum motivo você esqueça o que nós compartilhamos, então é isso que eu quero fazer. Onde quer que você esteja e não importa o que esteja acontecendo em sua vida, na primeira noite de lua cheia – como na noite em que nos conhecemos – quero que você a encontre no céu noturno. Quero que você pense em mim e na semana que partilhamos, porque, seja onde for, seja o que estiver acontecendo na minha vida, é exatamente isso o que vou fazer. Se não podemos estar juntos, pelo menos podemos compartilhar isso, e talvez entre nós, sejamos capazes de fazer isso durar para sempre. Eu te amo, John Tyree, e eu vou agarrar-me à promessa que uma vez você fez para mim. Se você voltar, vou casar com você. Se você quebrar a sua promessa, vai partir meu coração.”

Com amor, Savannah.  (via renunciador)

17664 notasreblog
“Não, não quero mais gostar de ninguém porque dói. Não suporto mais nenhuma morte de ninguém que me é caro. Meu mundo é feito de pessoas que são as minhas – e eu não posso perdê-las sem me perder.”

Clarice Lispector.  (via inverbos)

1820 notasreblog
“Escrevo isso e choro. Porque quero tanto e não quero tanto. Porque se acabar morro. Porque se não acabar morro. Porque sempre levo um susto quando te vejo e me pergunto como é que fiquei todos esses anos sem te ver. Porque você me entedia e dai eu desvio o rosto um segundo e já não aguento de saudade. E descubro que não é tédio mas sim cansaço porque amar é uma maratona no sol e sem água. E ainda assim, é a única sombra e água fresca que existe. Mas e se no primeiro passo eu me quebrar inteira? E se eu forçar e acabar pra sempre sem conseguir andar de novo? Eu tenho medo que você seja um caminhão de luz que me esmague e me cegue na frente de todo mundo. Eu tenho medo de ser um saquinho frágil de bolinhas de gude e de você me abrir. E minhas bolhinhas correrem cada uma para um canto do mundo. E entrarem pelas valetas do universo. E eu nunca mais conseguir me juntar do jeito que sou agora. Eu tenho medo de você abrir o espartilho superficial que aperto todos os dias para me manter ereta, firme e irônica. Minha angústia particular que me faz parecer segura. Eu tenho medo de você melhorar minha vida de um jeito que eu nunca mais possa me ajeitar, confortável, em minhas reclamações. Eu tenho medo da minha cabeça rolar, dos meus braços se desprenderem, do meu estômago sair pelos olhos. Eu tenho medo de deixar de ser filha, de deixar de ser amiga, de deixar de ser menina, de deixar de ser estranha, de deixar de ser sozinha, de deixar de ser triste, de deixar de ser cínica. Eu tenho muito medo de deixar de ser.”

Tati Bernardi.  (via rubidea)

25166 notasreblog
“Você pensa que é o fim do mundo, mas não é. Você acha que a sua dor é a pior de todas as dores já existentes, mas está enganado. Fácil é sofrer, passar dias trancado no quarto, chorar até que a última gota do seu corpo se esgote. Difícil é superar. E mais difícil ainda é se convencer de que superou. Fácil é acabar com a vida pra acabar com a dor, difícil mesmo é levantar todos os dias com um buraco no peito e colocar a roupa de existir. Dizer que está bem é fácil, complicado é estar. Escutar aquela música, sentir aquele cheiro e visitar aquele lugar parecem ser coisas que ardem o fundo da alma, porque as lembranças doem como álcool em ferida aberta. Mas a verdade é que não sentir mais nada dói bem mais. O fim de um sentimento é mais triste do que o seu fim propriamente dito. É mais difícil enterrar histórias, momentos e sorrisos à enterrar-se. Enquanto ainda há uma faísca em meio ao fogo apagado, de certa forma também ainda há importância. Sofrer por se importar é natural, estranho é sofrer por não fazer mais diferença alguma. Continuar dentro de uma bolha de solidão e sofrimento é escolha sua, assim como lutar pra sair dela também. Fácil é olhar a vida passando e ficar estático no mesmo lugar, amargurado, desiludido, cabisbaixo. Difícil é assumir que está no fundo do poço e, sim, precisa de ajuda. Difícil é estufar o peito e não se deixar abalar por nada. Fácil é chorar pela cicatriz adquirida, difícil é aceita-la como uma tatuagem interna que faz parte de você.”

Capitule. (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

tarimbado:

ainda há no copo os resquícios do meu drama. bebi a noite inteira para te esquecer, mas há sempre algo que a gente deixa no fundo: guardamos algumas dores em caixas individuais, para que só nós possamos ter a ideia de sua existência. há sempre algo que dói tanto na gente que preferimos não compartilhar, por mais doloroso que possa ser.

11647 notasreblog
“Eu caso, se preciso for. Eu amo você, por mim tudo bem. Conheço seus pais e faço ambos me amarem como você me ama - ok, não exatamente como você me ama. Onde você pedir com jeitinho e beicinho, eu assino. Mas deixa eu me embriagar com o aroma, a cor e a textura das suas coxas. Agora e pra sempre.”

Gabito Nunes. (via autorias)

249 notasreblog
“Por que o amor é assim, quando você não pode ter a pessoa perto, você só precisa fechar bem os olhos e imagina-lá ao seu lado, para amenizar a saudade.”

— Convívios.   (via repouse)

36551 notasreblog

Eu te superei já faz tempo. Mas sabe, até que eu gostaria de recomeçar contigo novamente, só para ter o prazer de te encarar e dizer “Não estou mais afim, terminamos aqui. Faz assim: Supera aí.


Allax Garcia   (via clamam)


THEME